no ,

Saiba quanto tempo de campanha em rádio e TV cada candidato a prefeito de Ponta Grossa terá

(Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil)

O Tribunal Regional Eleitoral deve divulgar, oficialmente, o tempo que cada candidato a prefeito de Ponta Grossa terá na propaganda eleitoral gratuita de rádio e TV apenas após encerrado o prazo de registro das candidaturas na Justiça Eleitoral, o que acontece em 26 de setembro. No entanto, com base nas regras estipuladas para o cálculo, as coligações já têm uma previsão do tempo a que terão direito para transmitir ao eleitor as suas propostas. A estimativa é que Marcio Pauliki (SD) terá o maior tempo em propaganda; seguido por Mabel Canto (PSC), Elizabeth Schmidt (PSD), Edson Armando Silva (PT) e Professor Sergio Gadini (PSOL).

Estimativas preliminares levantadas pela coordenação das chapas, mostram que o candidato pela coligação ‘União de forças por Ponta Grossa’ (SD, PRB, PTB, PSL, PL, DEM, PRTB, PTC, Patriota e Pros), Marcio Pauliki deve ficar com 6min58seg de tempo de propaganda, divididos em dois programas diários, com cerca de 3min29seg cada. Pauliki, que terá como candidato a vice-prefeito o vereador Ricardo Zampieri (PRB), também terá direito a cerca de 30 inserções diárias de 30 segundos.

Na sequência, Mabel Canto, pela coligação ‘Ponta Grossa em primeiro lugar’ (PSC, PSB, MDB, Podemos, PP, Cidadania, PMB e PDT), contará com 5min20seg de tempo diário, divididos em dois programas com aproximadamente 2min40seg, além de 27 inserções diárias. O candidato a vice-prefeito será o vereador Pietro Arnaud (PSB).

A atual vice-prefeita, Elizabeth Schmidt deve ficar com o terceiro maior tempo de propaganda, com 3min46seg de programa diário, divididos em dois programas de cerca de 1min53seg, além de 14 inserções diárias. Elizabeth terá como candidato a vice-prefeito o capitão Saulo Vinicius Hladyszwski (PSD), pela coligação ‘Somos todos Ponta Grossa’ (PSD, PSDB, PV e Avante).

No quarto lugar em tempo de programa de rádio e TV, Edson Armando Silva (PT), contará com aproximadamente 3min22seg diários em propaganda, divididos em programas de cerca de 1min41seg, e 11 inserções diárias. A coligação ‘Ponta Grossa: uma cidade para você’ (PT e PcdoB) terá como candidato a vice-prefeito o Pastor João Carlos Oliveira Andrade.

Por fim, Professor Gadini (PSOL), terá 1min45seg de programa diário, dividido em menos de um minuto em cada bloco, além de duas inserções diárias. Para a disputa majoritária o PSOL lançou chapa pura, que terá como candidato a vice-prefeito Lineu Kieras.

Como funciona

A propaganda eleitoral em rádio e televisão para o primeiro turno vai ao ar entre 9 e 12 de novembro. Os canais de rádio e televisão deverão reservar dois blocos de dez minutos cada, duas vezes por dia, de segunda a sábado, no caso de campanha para prefeito, não havendo propaganda eleitoral em bloco para vereador. No rádio, a propaganda será transmitida das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10. Na televisão, os candidatos vão se apresentar das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40. 

Já as inserções serão veiculadas em tempos de 30 e 60 segundos para prefeito e vereador, de segunda a domingo, em um total de 70 minutos diários, distribuídos ao longo da programação.

Conforme prevê a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97), a divisão da propaganda obedece alguns critérios sendo: 90% distribuídos proporcionalmente ao número de representantes que o partido tenha na Câmara dos Deputados, considerados, no caso de coligação para eleições majoritárias, o resultado da soma do número de representantes dos seis maiores partidos que a integrem; os outros 10% devem ser distribuídos igualitariamente.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Paraná e Brasil precisam buscar preço competitivo para o gás natural

Economia dos Campos Gerais cresce o dobro da brasileira