no ,

Parque Vila Velha reabre em setembro com novas atrações

Símbolo ponta-grossense, o Parque Estadual Vila Velha tem previsão de ser reaberto no próximo mês, mas ainda sem data definida. O local está passando por diversas reformas executadas pela empresa que desde o início do ano obteve a administração do parque e, apesar de algumas estarem em andamento, todas estarão funcionando até o final de setembro, conforme garante a assessoria de imprensa da Soul Vila Velha.


“Na reabertura, além da nova identidade visual do parque, a principal novidade será a visita autoguiada, que ganhou sinalização autoexplicativa para que ninguém perca qualquer detalhe importante sobre os três atrativos naturais do parque: os Arenitos, as Furnas e a Lagoa Dourada”, conta a empresa, destacando que também foram implantados pontos de Wi-Fi e câmeras de segurança.


“A visitação autoguiada é uma conquista importante, para que cada um possa curtir a nossa natureza no seu tempo, no seu ritmo, parando mais tempo naquilo que mais lhe interessa. Isso muda totalmente a experiência dos nossos visitantes”, destaca Leandro Ribas, gerente geral da Soul Vila Velha, concessionária do parque e empresa do grupo Soul Parques.


“Os passeios especiais (Caminhada Noturna e Trilha da Fortaleza) permanecerão suspensos para evitar aglomeração. Além deles, as novas atrações – Circuito de Arvorismo com Tirolesa, Balonismo e Cicloturismo – ainda não serão ofertados nas primeiras semanas de reabertura para avaliação do fluxo de visitação e garantia da segurança de todos, sempre com o objetivo de se evitar aglomerações, mas garantindo o passeio ao ar livre, em grupos pequenos de famílias e amigos”, ressalta a administradora do parque.

Serviço
Parque Estadual Vila Velha
Composto por três principais atrações: os Arenitos, que são formações rochosas que apresentam formas variadas, como a taça, o camelo, entre outras; as Furnas, que se caracterizam por grandes poços de desabamento com vegetação exuberante e água no seu interior (lençol subterrâneo), e a Lagoa Dourada, que possui este nome porque as suas águas ficam com uma coloração dourada quando reflete a luz do Sol.

  • Funcionamento: de quarta a segunda-feira, das 9 às 17 horas
  • Entrada: inteira (R$ 84), meia (R$ 42) e morador de Ponta Grossa (R$ 28)
    www.parquevilavelha.com.br

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Coronavírus faz 37ª vítima em Ponta Grossa

Prefeitura de Ponta Grossa prevê obras após avanço de cratera