no

Covid-19: taxa de contágio cai mais de 20% em Ponta Grossa

(Foto: Arquivo DC)

A prefeitura de Ponta Grossa realizou, a pedido do portal dcmais e jornal Diário dos Campos, um levantamento sobre o atual estágio das infecções pelo novo coronavírus no município. Conforme as estatísticas, a cidade teve uma redução significativa na taxa de contágio. A queda foi de 23,4% na média móvel entre o último dia 15 de outubro e o dia 9 de outubro (últimos sete dias). Ao comparar com a média móvel de 14 dias atrás, a redução foi de 28,1%.

A reportagem fez o comparativo com a taxa de contágio do estado e as do país, e verificou que a taxa municipal teve redução mais significativa que a verificada nesses outros dois níveis. No Paraná, a redução de 16,4% pode ser verificada nos últimos 14 dias, embora ainda tenha ocorrido acréscimo de 24,5% na média móvel dos últimos sete dias.

No país, dados disponibilizados pela plataforma Covid-19 no Brasil, do SUS, apontam redução de 22,7% na média móvel em sete dias e de 21% em 14 dias.

Os óbitos também apresentam redução significativa. Em Ponta Grossa, a média móvel de mortes por covid-19 caiu 20% nos últimos sete dias. Quatorze dias atrás, a taxa havia subido 14,3%.

Segundo a Fundação Municipal de Saúde (FMS), a média móvel de óbitos está estável atualmente, com um ou dois óbitos por dia, sendo a média móvel do último dia 15 de 1,14 mortes/dia. Também há diminuição nos casos fatais no Paraná e no Brasil.

Leitos de UTI

A taxa de ocupação de leitos também teve queda em Ponta Grossa. Na manhã desta sexta-feira, a Ala Covid do Hospital Universitário tinha 18 de seus 30 leitos de UTI ocupados. Essa taxa não era tão baixa desde 18 de julho.

Na média móvel de sete dias (9 a 15 de outubro) a taxa é de 84% de ocupação. Nesta sexta-feira a taxa estava em 60%. A redução foi um dos motivos apontados pelo município para a flexibilização de medidas na prevenção contra o contágio. No Paraná, a taxa de uso de leitos de UTI adulta voltada para covid-19 pelo SUS é de 84%.

FMS destaca medidas de prevenção

De acordo com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), a velocidade do contágio está desacelerando. “O número de óbitos também está diminuindo por conta do registro de menos casos atualmente. No entanto, é necessário que a população continue atenta e aplique as medidas de segurança para evitar a contaminação, como a utilização de máscaras, uso do álcool e da água e sabão.

Também é importante evitar ficar por muito tempo em ambientes não arejados e buscar o distanciamento de um metro e meio de outras pessoas. Caso as medidas de segurança não sejam visadas, poderá haver novos picos”, diz nota da FMS.

Média móvel*

A média móvel de casos e óbitos pode ser obtida realizando a soma de diagnósticos em um dia e nos seis dias que o antecederam. Em seguida, o resultado é dividido por sete. O valor apresenta um parâmetro mais real do número de testes realizados, porque reduz a variação ocasionada pelo represamento de resultados laboratoriais, por exemplo. A metodologia vem sendo usada pelas principais pesquisas relacionadas à covid-19.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

PT almeja seguir no poder em São João do Triunfo

Obras no Contorno Leste exigem transição de redes