no

Athletico é o favorito na opinião de especialistas

A opinião de algumas dos principais personagens do esporte em Ponta Grossa deram favoritismo ao Athletico para a conquista do Campeonato Paranaense 2020, na decisão contra o Coritiba, na noite desta quarta-feira (5), às 20h, no Estádio Couto Pereira. Oito entrevistados justificaram as suas opiniões: cinco acham que o Furacão fica com o título, contra três que acreditam mais no Coxa.

O comentarista esportivo Diomar Taques Guimarães destaca o equilíbrio, mas a taça deve ficar com o Athletico. “Em Atle-Tiba qualquer prognóstico que se faça antecipadamente é perigoso, pois trata-se de um clássico com muita rivalidade, ainda mais tratando-se de uma final. Mas pelo momento atual acho que a taça de campeão paranaense 2020 vai para o Joaquim Américo”.

O jornalista esportivo Danilo Kravchynchyn entende que tendência é rubro-negra. “O Coritiba perdeu uma oportunidade ímpar na derrota de domingo, jogou melhor e não teve competência para vencer. Mesmo jogando em casa a decisão, terá dificuldades pela falta do torcedor e o Atlético tem um time melhor. Jogo duro: 1 a 1 e título à vista para o rubro-negro”.

Para o secretário de Esportes da Prefeitura de Ponta Grossa, Marco Macedo, o Coritiba tem chance. “O Atletico construiu uma pequena vantagem mas acredito que o Coritiba tem um time mais consistente e alguns destaques individuais que podem fazer a diferença na final. Creio que o Coritiba leva”.

Ben Hur Chicnato, técnico do time de basquete da equipe de cadeirantes dos Tubarões/MM tende para o lado rubro-negro. “Veja, acredito que o título está absolutamente em aberto. No primeiro jogo o Coritiba foi mais presente ofensivamente, mas o Atlhetico acabou sendo eficiente, marcando o gol no final da partida. O rubro negro leva pequena vantagem por causa da vitória de domingo. Tem cara de 1 a 1”.

O repórter de rádio Dudu Guimarães, aposta no Alviverde. “O Coritiba jogou melhor na primeira partida, foi mais organizado e perdeu muitas chances. Acho que jogando em casa tem capacidade para reverter a situação. Pode ser campeão nos pênaltis”, disse.

Já o narrador esportivo Joel Brasília entende que o Athletico é mais experiente. “O Athletico já conquistou uma vantagem no primeiro jogo. É um time mais cascudo e com jogadores habilidosos. Na minha opinião, acho que dá Athletico. Tem dois resultados a favor”.

Para o técnico da equipe do Novo Basquete Ponta Grossa (NBPG), a taça será do Coritiba. “É um clássico, mas apesar da vantagem do Athletico, o Coxa fez uma campanha mais regular. Joga em casa e pode surpreender”, disse.

Para o médico e historiador Ângelo Defino, a obrigação de título é do Furacão. “Penso que o primeiro jogo da final do Paranaense 2020 ficou muito abaixo das expectativas dos torcedores, o que deixou a torcida operariana ainda mais inconformada por não estar ali disputando uma final como deveria ser. Para esse segundo jogo o Atlhetico entra com uma obrigação de levar o título, mesmo jogando fora de casa, menos pelo resultado da primeira partida e mais pelo elenco forte em preparação para uma retomada da Libertadores. Mas vai ter que mostrar mais vontade para transformar esse favoritismo em resultado dentro do campo”.

 

 

Futebol

Athletico é o favorito na opinião de especialistas

Gravata: Atle-Tiba desta quarta-feira decide o título do Campeonato Paranaense 2020 e o Furacão tem a preferência dos comentaristas e técnicos ponta-grossenses

Fabrício Bicudo

A opinião de algumas dos principais personagens do esporte em Ponta Grossa deram favoritismo ao Athletico para a conquista do Campeonato Paranaense 2020, na decisão contra o Coritiba, na noite desta quarta-feira (5), às 20h, no Estádio Couto Pereira. Oito entrevistados justificaram as suas opiniões: cinco acham que o Furacão fica com o título, contra três que acreditam mais no Coxa.

O comentarista esportivo Diomar Taques Guimarães destaca o equilíbrio, mas a taça deve ficar com o Athletico. “Em Atle-Tiba qualquer prognóstico que se faça antecipadamente é perigoso, pois trata-se de um clássico com muita rivalidade, ainda mais tratando-se de uma final. Mas pelo momento atual acho que a taça de campeão paranaense 2020 vai para o Joaquim Américo”.

O jornalista esportivo Danilo Kravchynchyn entende que tendência é rubro-negra. “O Coritiba perdeu uma oportunidade ímpar na derrota de domingo, jogou melhor e não teve competência para vencer. Mesmo jogando em casa a decisão, terá dificuldades pela falta do torcedor e o Atlético tem um time melhor. Jogo duro: 1 a 1 e título à vista para o rubro-negro”.

Para o secretário de Esportes da Prefeitura de Ponta Grossa, Marco Macedo, o Coritiba tem chance. “O Atletico construiu uma pequena vantagem mas acredito que o Coritiba tem um time mais consistente e alguns destaques individuais que podem fazer a diferença na final. Creio que o Coritiba leva”.

Ben Hur Chicnato, técnico do time de basquete da equipe de cadeirantes dos Tubarões/MM tende para o lado rubro-negro. “Veja, acredito que o título está absolutamente em aberto. No primeiro jogo o Coritiba foi mais presente ofensivamente, mas o Atlhetico acabou sendo eficiente, marcando o gol no final da partida. O rubro negro leva pequena vantagem por causa da vitória de domingo. Tem cara de 1 a 1”.

O repórter de rádio Dudu Guimarães, aposta no Alviverde. “O Coritiba jogou melhor na primeira partida, foi mais organizado e perdeu muitas chances. Acho que jogando em casa tem capacidade para reverter a situação. Pode ser campeão nos pênaltis”, disse.

Já o locutor esportivo Joel Brasília entende que o Athletico é mais experiente. “O Athletico já conquistou uma vantagem no primeiro jogo. É um time mais cascudo e com jogadores habilidosos. Na minha opinião, acho que dá Athletico. Tem dois resultados a favor”.

Para o técnico da equipe do Novo Basquete Ponta Grossa (NBPG), a taça será do Coritiba. “É um clássico, mas apesar da vantagem do Athletico, o Coxa fez uma campanha mais regular. Joga em casa e pode surpreender”, disse.

Para o médico e historiador Ângelo Defino, a obrigação de título é do Furacão. “Penso que o primeiro jogo da final do Paranaense 2020 ficou muito abaixo das expectativas dos torcedores, o que deixou a torcida operariana ainda mais inconformada por não estar ali disputando uma final como deveria ser. Para esse segundo jogo o Atlhetico entra com uma obrigação de levar o título, mesmo jogando fora de casa, menos pelo resultado da primeira partida e mais pelo elenco forte em preparação para uma retomada da Libertadores. Mas vai ter que mostrar mais vontade para transformar esse favoritismo em resultado dentro do campo”.

 

 

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Explosão em Beirute deixa pelo menos 100 mortes e mais de 4 mil feridos, veja vídeo

Gasolina com melhor rendimento chega a Ponta Grossa nesta quarta