no

Operário busca emendar vitórias fora de casa pela 1ª vez na Série B

Vitória contra a Ponte Preta, neste sábado, colocará o Fantasma no ‘G4’

Roger fez o primeiro gol pelo Fantasma e agora enfrenta o clube de coração: a Ponte Preta. Foto: José Tramontin/OFEC

O Operário Ferroviário pode voltar ao ‘G4’ da Série B do Campeonato Brasileiro neste sábado (19). Mas para isso precisa de um fato inédito neste formato de competição: vencer dois jogos consecutivos como visitante. Após cumprir a primeira parte da missão contra o Sampaio Corrêa, o Fantasma agora tem pela frente a Ponte Preta, em Campinas (SP). O jogo no Estádio Moisés Lucarelli – válido pela 10ª rodada – começa às 19h.

No ano passado, o time comandado por Gerson Gusmão não conseguiu um bom desempenho longe de Ponta Grossa. Foram apenas duas vitórias em 19 duelos. Porém, em 2020, a equipe já pode igualar este número sexto compromisso fora de casa.

Só que pela frente está a Ponte Preta. A Macaca está no ‘G4’ dois pontos à frente do Operário: 17 a 15. Além disso, o time de Campinas tem o melhor ataque da Série B com 14 gols – empatado com o Juventude, e o vice-artilheiro da competição: o meia João Paulo.

“A Ponte não usa tanto a bola longa e tem uma equipe mais técnica do que o Sampaio Côrrea, por exemplo. Tem poder ofensivo e de decisão. Então a gente sabe que não pode falhar. Mas acredito que teremos também um pouco mais de espaço para jogar em relação a outros jogos fora de casa. Precisamos neutralizar os atletas de articulação e movimentação, especialmente, e aproveitar os pontos vulneráveis do adversário”, pontua o técnico alvinegro, Gerson Gusmão.

Desfalques e retorno

O treinador ainda não poderá contar com o zagueiro Ricardo Silva, o volante Jardel e o meia Marcelo, que estão no departamento médico. A boa notícia é que Ricardo e Marcelo já estão em fase de transição entre a fisioterapia e a preparação física.

A novidade fica por conta do retorno do atacante Douglas Coutinho – poupado na rodada anterior. Surgem como opções elogiadas pelo treinador o lateral direito Alex Silva e o meia Clayton, mas ambos ainda tendem a ficar como opção no banco de reservas.

Roger x Ponte

Depois de marcar o primeiro gol com a camisa do Operário Ferroviário, o atacante Roger agora tem a missão de fazer valer a ‘lei do ex’. Formado nas categorias de base da Ponte Preta, o experiente centroavante estava na Macaca antes de se transferir para o Fantasma. Outro fator de curiosidade é que Roger não esconde de ninguém que é torcedor da Ponte desde a infância, mas o lado profissional neste momento pesa mais.

“A Giulia [filha] é Operário. O Nicolas – meu filho – também. Perguntaram se ele ia torcer para a Ponte na Série B, que é o time de vários familiares, e ele disse: ‘não, não, agora eu sou Operário’”, disse o centroavante assim que chegou a Ponta Grossa.

Ficha Técnica

Ponte Preta: Ivan; Apodi, Wellington Carvalho, Alisson e Guilherme Lazaroni; Dawhan, Luís Oyama e João Paulo; Moisés, Bruno Rodrigues e Matheus Peixoto. Técnico: João Brigatti

Operário: Thiago Braga; Sávio, Rafael Bonfim, Reniê e Julinho; Mazinho, Pedro Ken, Tomás Bastos e Thomaz Santos; Douglas Coutinho e Roger. Técnico: Gerson Gusmão

Data/Horário: 19/09 (sábado), às 19h
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Arbitragem: Alisson Sidnei Furtado (TO) auxiliado por Fábio Pereira (TO) e Cipriano da Silva Sousa (TO)

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Região dos Campos Gerais soma 70 candidatos a prefeituras; confira todos os nomes

PG inicia o Estadual: ‘terminar o campeonato este ano será uma vitória’