no ,

Agência do Trabalhador pode abrir 500 vagas para obras de energia até o final do ano

A Agência do Trabalhador de Ponta Grossa disponibilizou, nesta terça-feira, 323 vagas de emprego, um recorde próprio principalmente em meio à pandemia – em que a média diária tem variado entre oitenta e pouco mais de cem vagas. Mais de a metade delas foram referentes ao setor da construção civil; segundo o órgão, cerca de duzentas foram direcionadas às obras dos quatro novos viadutos que estão sendo construídos pela CCR Rodonorte na cidade.

Além disso, as vagas para estas construções devem continuar a ser abertas gradualmente. No total, a estimativa é de que sejam gerados mais de seiscentos empregos – e pelo menos quatrocentos serão ofertados através da Agência do Trabalhador, que nesta terça-feira (18) já abriu aproximadamente a metade deles.

E conforme o repassado à reportagem do Diário dos Campos, a tendência é aumentar as ofertas até o final do ano: “Já abrimos em torno de 180 vagas para a construção das torres de transmissão energia e acreditamos que existe a possibilidade de no mínimo mais 500 vagas para essa obra”, disse Adriano Gonsalves, integrante da administração do órgão, referindo-se ao investimento de R$ 2 bilhões em energia que está sendo feito na região e outros locais do estado pela Engie Brasil.

A Agência do Trabalhador pertence à Secretaria de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, gerida pelo secretário José Loureiro, e atende diariamente das 8 às 16 horas na esquina das ruas Sant’Anna e Dr. Colares

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Eleições 2020: nove comissionados e 25 servidores da Prefeitura se afastam

Funcionários de Ponta Grossa aderem à greve nacional dos Correios