no ,

Comércio de Ponta Grossa é autorizado a funcionar em novo horário

Atendendo a uma reivindicação que vinha sendo apresentada pelo setor comercial de Ponta Grossa, já nesta segunda-feira (24), o comércio local está autorizado a atender em novo horário, de segunda a sábado. As lojas de eletrodomésticos e utilidades domésticas estão liberadas para funcionar das 11h às 19 horas.

As lojas de vestuário e artigos pessoais podem atender das 10h às 18 horas e as demais atividades estão liberadas para atender das 9h às 17 horas. Isso significa que durante cinco horas por dia, o comércio de Ponta Grossa estará inteiramente funcionando.

No caso dos shopping centers, as lojas estão autorizadas a funcionar de segunda a domingo das 12 às 20 horas; já a praça de alimentação dos shopping centers pode funcionar diariamente das 11h30 até as 20 horas.

Segundo o secretário municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, José Carlos Loureiro Neto, que também é presidente do Sindilojas, esta era uma reivindicação da Secretaria e do setor empresarial, que foi atendida pelo prefeito Marcelo Rangel e pelo comitê administrativo de gestão de crise causada pela pandemia de covid-19.

“No nosso entendimento, esta ampliação do horário de funcionamento vai contribuir para que, na prática, haja menos aglomeração nas lojas, porque os clientes acabam optando por ir até o comércio nos horários em que estão todos os setores funcionando. Assim, ao ampliar este horário, conseguimos diminuir a aglomeração”, aponta Loureiro.

O comitê se reuniu na última sexta-feira (21) e deliberou pelo novo horário de funcionamento do comércio já a partir desta segunda-feira. Decreto oficializando o novo horário de funcionamento deve ser publicado em edição suplementar do Diário Oficial do Município ainda nesta segunda-feira.

Divulgação/PMPG

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Idoso morre após ser atropelado por trem em Ponta Grossa

Pesquisa aponta que aumenta a confiança dos comerciantes paranaenses